BLOG

Search1

Fraude em Links Patrocinados #1 – O Concorrente Xarope

Fraude em Links Patrocinados #1 – O Concorrente Xarope

Sempre ouvi questionamento de clientes e prospects sobre a transparência do mercado de Links Patrocinados Google. Muita gente desconfiada, até porque, no momento que eu as conheço, o estrago já foi feito faz tempo.

Por isso, começo aqui uma série para tirar dúvidas sobre os anúncios no Google. Vou falar de concorrência, de práticas de agências de marketing digital, de relatórios de pagamento de créditos. Como ter tudo isso às claras nas mãos do anunciante, que é a parte que sustenta todo o jogo.

Comecemos com o mais simples.

A principal objeção que eu ouço nas reuniões é: “E se eu tiver um concorrente xarope que fica clicando todos os dias no meu anúncio?”

concorrente xatope

É simples porque é uma preocupação desnecessária por parte do cliente. Embora muito racional. E também porque, em 99% dos casos, nada precisa ser feito.

É bem provável que haja concorrentes clicando no negócio do anunciante para prejudicá-lo. Mas tal esforço é inútil. O Google não contabiliza o clique. Ou melhor, é registrado apenas 1 clique a cada 2 semanas. E só.

Quem investe há mais tempo já deve ter visto um aviso de “Atividade inválida” no relatório de pagamento, junto com um pequeno acréscimo no saldo. Esse valor está ligado a alguma atividade suspeita.

E como o Google sabe quem é concorrente ou não?

Em primeiro lugar pelos cookies, que são uma resposta que seu computador devolve aos sites para sabermos seu histórico de navegação. Depois vem a verificação dos IPs, que são as “placas de carro” do seu ponto de internet. E no final, o comportamento de uso. Ou seja, se todos os dias de manhã, em determinada região, um usuário busca pelas mesmas palavras no Google, na mesma ordem, e clica nos mesmos anúncios; certeza que não é um usuário interessado em conteúdo, mas sim o famoso Concorrente Xarope. Ou a secretária dele.

E com essa informação, o Google não debita o clique da conta do anunciante, ou faz a devolução.

Veja também os outros posts da série:
Fraude em Links Patrocinados #2 – A Cobrança Esquisita

Quer saber mais? Acompanhe os posts da Search1. Falamos sobre Marketing Digital de forma simples e direta. Também com certa dose de filosofia e reflexões sobre o mercado.
http://search1.com.br/blog/

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *