BLOG

Search1

Fraude em Links Patrocinados #3 – A Auditoria

Fraude em Links Patrocinados #3 – A Auditoria

Uma vez um empresário me ligou dizendo estar muito preocupado com sua campanha, que era gerenciada por uma agência que não conheço. Ele fez uma acusação grave. Disse que essa agência pegava parte dos créditos para usar para ela própria, divulgando os serviços da agência, e não do cliente. Roubo mesmo.

Não cheguei a conferir se era verdadeira ou não. No entanto, acredito que, mesmo num mercado meio surreal como esse de Marketing Digital, onde já vi de tudo, a acusação é um tanto absurda para ser verdade.

Ainda assim, é algo que todo cliente deve tomar cuidado. E por isso, demonstrarei algumas ações para garantir que sua verba para o Google vá 100% para o Google.

Em primeiro lugar, peça um acesso à campanha. Uma acesso “Somente leitura”. E se você não entende nada de Google AdWords, Exija que a agência te explique o funcionamento básico. Quais são as colunas de clique, custo e tal. Bons profissionais terão prazer em explicar.

Mas digamos que a agência se recuse a dar acesso sob qualquer alegação, o que não é bom sinal. Peça então, no mínimo, os relatórios mensais.

Mas como saber se a agência não fraudará os números do relatório? Afinal, qualquer PDF pode ser alterado, não é mesmo?

É simples. O próprio Google envia os relatórios. Você receberá um email, não da agência, nas de adwords-noreply@google.com. Então não tem erro.

Mas mesmo assim, se o caso da empresa lá no início for verdadeiro, a fraude passaria a despeito de todo o cuidado.

Então explicarei como nunca cair nesse truque. A palavra de ordem é cruzar. Cruzar as informações. Antes de fechar contrato, você exigirá 3 relatórios de um mesmo período.
1) Desempenho por campanha
2) Desempenho por dia
3) Desempenho por palavras-chave

A coluna custo tem que dar o mesmo valor nos 3 relatórios. Atente para o terceiro, que garantirá que as palavras-chave da campanha pertencem ao seu negócio. E só não aconselho pedir relatório de desempenho de anúncios para não ficarmos com informação demais. Se é pra tomar o dia todo, o próprio cliente faria a os Anúncios no Google.

E com esses cuidados, você estará assegurado que a agência que te atende é idônea. É interessante pedir também um relatório de ‘Termos de pesquisa‘ (link para o post sobre), mas daí estaríamos falando de outro assunto, que é desempenho.

Veja também os outros posts da série:
Fraude em Links Patrocinados #1 – O Concorrente Xarope
Fraude em Links Patrocinados #2 – A Cobrança Esquisita

Quer saber mais? Acompanhe os posts da Search1. Falamos sobre Marketing Digital de forma simples e direta. Também com certa dose de filosofia e reflexões sobre o mercado.
http://search1.com.br/blog/

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *